Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Oficina da Pizza por Elas: novidades e muita inspiração na Fispal Food Service

Article-Oficina da Pizza por Elas: novidades e muita inspiração na Fispal Food Service

pizza por elas.jpg
Pizzaiolas trazem suas histórias e técnicas para a Fispal Food Service. Em uma pizzaria em pleno pavilhão, a atração celebra e valoriza o talento das mulheres na gastronomia.

Tradicional atração da Fispal Food Service, a Oficina da Pizza traz uma pizzaria exclusiva para o pavilhão durante os 4 dias de feira. Nesta edição, o projeto tem um foco especial no protagonismo das mulheres, apresentado diversas técnicas para a produção de diferentes estilos de pizza. Em média, serão servidas 520 pizzas por dia. 

Com curadoria do CTP (Centro Tecnológico de Desenvolvimento de Pizzas e Massas), a Oficina da Pizza por Elas conta com a presença de talentosas pizzaiolas e chefs como convidadas especiais para apresentar o tema desse ano: “Cardápios alternativos: utilizando a criatividade para evitar desperdícios”.

“As mulheres têm contribuído para a diversidade da culinária, trazendo muita criatividade nas influências de diferentes culturas e ingredientes regionais. Aqui, elas compartilham seu conhecimento e histórias”, afirma Sr. Pizza, Ronaldo Ayres do CTP. 

Leia mais: Fispal Food Service: conheça as atrações do Serviço de Desenvolvimento do Setor

Novidade em sabor

As chefs Alessandra Rocha e Mariana Soncin, da Pizzeria Di Limone, apresentaram um novo sabor durante a Fispal. A pizza Tropeira leva molho de tomate, requeijão, a linguiça toscana, milho e pimentão amarelo, temperada com vinagrete de pimenta biquinho, cebola roxa e coentro, e coberta com muçarela e queijo coalho. “Foi uma pizza que surpreendeu bastante, porque foi uma criação 100% nossa e teve uma super aceitação, mesmo o coentro sendo polêmico”, disseram as chefs. 

Elas abriram as portas há 9 meses, com a ideia de seus maridos tocarem o empreendimento, porém eles foram recolocados no mercado e a missão ficou para as mulheres. “A gente fala que foi um golpe, mas somos mulheres e não desistimos nunca”, brinca Alessandra. “Acabou que nós que somos as pizzaioloas, fazemos as compras, administramos o negócio. Fizemos o curso no CTP, que nos deu a maturidade que faltava para a gente realmente ter uma pizzaria, e até hoje eles nos ajudam muito”.

Porcionamento de ingredientes

Um processo que garante o sucesso financeiro da Pizzeria Di Limone, localizada no bairro do Limão, em São Paulo (SP), é o porcionamento dos ingredientes. “Nós trabalhamos com tudo proporcionado para meia pizza. Nós fazemos esse processo diariamente, seguindo a ficha técnica e separando os ingredientes em saquinhos”, conta Mariana. 

Isso garante a padronização das pizzas e evita desperdício. “Hoje temos desperdício zero na pizzaria. Não tem muita margem para erro, temos que economizar. A Alessandra faz compras diariamente dos produtos mais perecíveis, compra conforme a necessidade, então é tudo fresco e não tem desperdício.” 

Além disso, o porcionamento ajuda na segurança alimentar. “Os nossos produtos não ficam expostos lá a noite toda, com variação de temperatura, fica tudo guardado na geladeira e a gente vai pegando só o que vai usar”, afirma Alessandra.

 Veja também: Fispal Food Service apresenta novidades para recheios de pizzas 

Cultura organizacional

Para tocar um negócio saudável, as chefs Alessandra e Mariana afirmam que é preciso ter respeito acima de tudo. “Respeitar com o que você trabalha, com quem você trabalha, quem você está servindo, apoiar e receber o apoio das pessoas. Nós somos mães, nós somos esposas, nós somos mulheres. Hoje podemos confiar na nossa equipe, nas mulheres que trabalham com a gente. Nada disso seria possível sem elas.”

A equipe da Pizzeria Di Limone é formada por mulheres acima de 45 anos, e todas foram contratadas sem experiência. “Não ter experiência fez com que a gente conseguisse treiná-las como a gente trabalha, então mesmo que a gente não esteja, a pizza vai sair igual, seja terça, seja sábado. Além disso, agora elas têm uma nova profissão. Elas compraram o nosso sonho e, no final, vira o sonho de todo mundo. Eu acho que é isso que dá certo”. 

Leia também: MEIs aumentam competição no setor de pizzaria: como se destacar?

Comendadora chef divulga primeira pizzaria Down do mundo 

No segundo dia de evento, o espaço recebeu a premiada comendadora e chef pizzaiola Erilene Monteiro, profissional formada na Itália e que é reconhecida como a única mulher no Brasil que possui o título de pizzaiola com a mais alta formação. Erilene também é idealizadora do Pizza Maker & Down, um concurso de pizzaiolos que conta com a participação de profissionais e alunos com Síndrome de Down.

Durante sua palestra, Erilene anunciou sua última novidade: a primeira pizzaria Down do mundo, que deve ser inaugurada em agosto, em Pernambuco. O projeto conta com o apoio do chef Isaías Soares.

“Começamos com dez meninos Down e hoje temos 40. É uma ampliação do projeto. É uma honra muito grande para mim estar aqui hoje falando sobre essa iniciativa. Além disso, fui a primeira mulher a trazer certificação internacional como chef pizzaiola para cá direto da Itália. E, graças a Deus, agora isso se ampliou e temos várias mulheres pizzaiolas”, conta Erilene.

Até sexta-feira, dia 14, outras chefs compartilharão seu conhecimento e histórias de sucesso, servindo de fonte de inspiração para outras profissionais, incentivando todo o setor a superar barreiras e promover a inclusão e a diversidade nos restaurantes. Um momento único para celebrar e valorizar o talento das mulheres na gastronomia.

Saiba mais sobre a atração.

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar