Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Arena Fispal Tec traz temas sobre gestão industrial, embalagens e laticínios

Arena Fispal Tec traz temas sobre gestão industrial, embalagens e laticínios.png
Executivos da Nestlé, Heineken e Solar Coca-Cola falam sobre a importância da demanda ao investir em tecnologia.

No segundo dia da Arena de Conteúdo 360º Fispal Tec, executivos de grandes indústrias participaram dos Fóruns de Gestão Industrial, de Embalagens e de Laticínios. O avanço em tecnologia e a responsabilidade ambiental das empresas foram alguns dos temas abordados nas 24 palestras desta quarta-feira (22).

Aprimorar processos é uma tônica dentro da indústria. Por isso, a Fispal Tecnologia e TecnoCarne 2022 trouxeram para o centro da discussão o tema Otimização e Melhoria da Produtividade – Invista nas Melhores Estratégias para Modernizar e Ampliar as Linhas de Produção.

A palestra, que aconteceu no Fórum Gestão Industrial, contou com a participação de Danilo de Faria, global digital manufacturing leader da Nestlé, Saulo Miguel, southeast regional industrial director da The Heineken Company, e Gileno Correia, diretor industrial da Solar Coca-Cola.

A opinião dos executivos foi unânime quanto à busca por novas tecnologias. Para eles, a demanda do consumidor é um fator-chave para decidir onde serão aplicados os investimentos em tecnologia.

“O investimento é movido pela procura do cliente para que possamos entregar algo de valor, mas antes precisamos analisar se usamos bem as tecnologias que já temos antes de ir atrás de novas”, explica Saulo Miguel, da The Heineken Company.

O caso da Solar Coca-Cola ganha destaque quando o assunto é buscar novas tecnologias, porque a demanda dos seus clientes está em produtos que antes não tinham uma busca tão grande. “Estamos crescendo no mercado de energéticos, sucos e água, então, precisamos investir em tecnologia para atender a essa demanda”, conta Correia, da Solar Coca-Cola.

Faria, da Nestlé, reforça a ideia de que os investimentos em tecnologia estão conectados com a demanda do consumidor. “Estamos sempre buscando novas tecnologias e processos para aumentar a produtividade. Mas é preciso estar atento a não fazer investimento pelo investimento, precisa haver estratégia.”

Como inovar?

Em outra palestra, Thiago Macedo, diretor de logística da General Mills, disse que, para inovar, é preciso ter cuidado na escolha da tecnologia e paciência para que a solução traga resultados, caso contrário, existem riscos de a empresa trocar excessivamente de solução sem que a tecnologia tenha tempo para mostrar resultado e otimizar os processos.

“Fizemos muito piloto (de novas tecnologias), investimos muito, mas é preciso aguardar resultados e não ceder à pressão por mudanças frequentes de tecnologia. E se mudar de uma vez, pode ter ruptura nos processos”, alerta o executivo, que participou da palestra “Otimização da Cadeia de Supply Chain - Os Desafios e o Uso de Novas Tecnologias”, que trouxe as soluções usadas para amortizar as perdas do recolhimento da matéria prima até a entrega ao cliente.

Fórum de Embalagens ressalta importância de soluções sustentáveis

O Fórum de Embalagens, um dos seis congressos da Arena de Conteúdos 360º Fispal TEC, destacou nesta quarta-feira (22) a importância da sustentabilidade para os negócios – além da parceria entre os players da indústria na busca de soluções.

“Quando o assunto é sustentabilidade, todos nós da indústria devemos estabelecer parcerias, não concorrer. O planeta não pode esperar”, afirmou Zita Krammer, gerente de Sustentabilidade em Embalagens da Unilever, em sua palestra ontem no evento (“Materiais alternativos para embalagens e o que as grandes indústrias buscam”).

Zita falou do compromisso da multinacional anglo-holandesa em reduzir pela metade o uso de plástico virgem até 2025. Um desafio tem sido a instituição de uma cadeia de polietileno (PE) reciclado – material utilizado pela empresa em frascos de xampus e amaciantes, entre outros produtos. “Para isso, unimos cooperativas de catadores, recicladores e outras empresas. Em 2017, não tínhamos embalagens de PE reciclado. Hoje, quase 100% delas são. Já atingimos 72% da meta para este ano e, em todo o projeto, já recuperamos 30 mil toneladas de plástico, evitando a sua destinação a aterros sanitários”.

Garrafa de vidro 100% reciclado: um passo importante

As embalagens de vidro são 100% recicláveis e podem ser reutilizadas infinitas vezes. No entanto, fatores econômicos, logísticos, sanitários e normativos, entre outros, mantêm índices elevados de uso de recipientes feitos de material virgem. A Ambev, porém, decidiu desafiar o status quo e levar adiante um projeto piloto de garrafa feita de vidro 100% reciclado.

Seu processo de produção reduz emissões de gases em até 50%. “Ainda é um volume pequeno, um projeto-piloto, mas seguiremos promovendo esse conceito. Temos iniciativas em todas as frentes para recuperar garrafas pós-consumo e reciclá-las”, declarou Victor Miranda, Diretor de Embalagem da Ambev. “Temos a meta de ter 100% de suas embalagens retornáveis ou feitas majoritariamente de conteúdo reciclado até 2025. A nova garrafa de vidro é um passo importante para isso”, afirmou Miranda.

Já o Fórum de Laticínios abordou temas como novas tecnologias que tornam possível a produção do leite de forma sustentável; laticínios convencionais e plant based: quais as vantagens e desvantagens das plantas híbridas; tendências e comportamento do consumidor; e inteligência artificial na criação e desenvolvimento de novos produtos.

Pondé: ‘Empresas precisam assumir papel republicano’

O filósofo Luiz Felipe Pondé esteve no final do primeiro dia (21) da Fispal Tecnologia e TecnoCarne 2022 discorrendo sobre “O papel republicano das indústrias: função social e transparência". Segundo ele, nas últimas duas décadas, as empresas têm sido cobradas para ampliarem sua atuação em prol da sociedade e a serem mais transparentes, expondo e evitando novos “esqueletos no armário”. "O que significa assumir um papel republicano? É cuidar da população que está sob risco", assinalou Pondé.

“Onde há um espaço sem ação republicana, há uma tendência de desorganização, por exemplo, o que acontece na região de fronteira da Amazônia, onde a criminalidade tomou conta. Então, as empresas precisam assumir esse papel”, afirmou Pondé.

Nesta quinta tem mais

A Arena de Conteúdos 360º Fispal TEC, espaço dedicado a compartilhar conteúdos e debater tendências e perspectivas de mercado, reúne lideranças de organizações importantes da cadeia de valor dos alimentos e bebidas. A programação é dividida em seis vertentes: Embalagens, Gestão Industrial, Laticínios, TecnoCarne, ESG e Transformação Digital.

Nesta quinta-feira (23), o último dia da Arena, para discutir o tema Transformação Digital, estarão reunidos profissionais e empresas de renome no mercado, a exemplo de Bauducco, BRF, Clark Material Handling, Infracommerce, Kraft Heinz Magnopus, Mondelez, Nestlé, PepsiCo e Telefónica Tech. Além disso, terá os outros dois fóruns restantes: TecnoCarne e ESG. Mais informações e programação neste link.

 

FT_Credenciamento.png

 

Serviço:

Fispal Tecnologia & TecnoCarne

Data: 21 a 24 de junho de 2022

Horários: Terça a quinta-feira: 13h às 20h. Sexta-feira: 13h às 18h

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

 

LEIA MAIS

Arena Fispal Tec debate metaverso, realidade aumentada e computação quântica

Fórum TecnoCarne discute o futuro da indústria agropecuária

ESG e retomada de negócios marcam o primeiro dia da Fispal Tecnologia e TecnoCarne 2022

Automação e máquinas inteligentes revelam o futuro da indústria na Fispal Tecnologia e TecnoCarne

Fispal Tecnologia e TecnoCarne 2022: confira lançamentos e novidades dos expositores

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar