Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Reemaq e Burger no Papo conquistam certificado de sustentabilidade na Fispal Food Service

Article-Reemaq e Burger no Papo conquistam certificado de sustentabilidade na Fispal Food Service

corredores da fispal food service 2024.png
Estandes receberam selo Ouro do programa Better Stands por apresentar estandes 100% sustentáveis durante a feira.

Quando pensamos em evento, logo vem à mente um pavilhão lotado de estandes. Essas estruturas são frequentemente feitas de lona, plástico, madeira, papelão, vidro, carpete e outros materiais. E, segundo estimativas do setor, até 70% desses materiais não são reutilizados.

Apesar dos números alarmantes, o setor tem se movimentado para mudar essa realidade e tornar os eventos cada vez mais sustentáveis. Dois exemplos notáveis foram os estandes da Reemaq e do Burger no Papo, que deram um show de sustentabilidade durante a Fispal Food Service, principal plataforma de conexão na indústria de alimentos e bebidas da América do Sul, que aconteceu durante os dias 11 e 14 de junho no Expo Center Norte.

As empresas receberam o selo Ouro do programa Better Stands da Informa Markets, organizadora da feira, por apresentarem estandes 100% reutilizáveis, desde a sua estrutura e mobília até o revestimento e itens decorativos.    

“Nunca concordei com esse negócio de acabar a feira e jogar tudo fora. Acho um desperdício de dinheiro e prejudicial para o meio-ambiente. Pago tão caro por essa estrutura, não quero ver tudo isso indo para o lixo”, disse Rudimar Pacheco, Comercial e Sócio da Reemaq, fabricante de equipamentos para alimentação. 

Como foi feito o estande da Reemaq?

Estande da Reemaq na Fispal Food Service 2024

Estande possui estrutura metálica modular que pode ser armazenada e reutilizada em futuros eventos

A Reemaq optou por uma estrutura metálica modular que pode ser facilmente desmontada, armazenada e reutilizada em futuros eventos. "Criamos uma estrutura metálica que usamos como testeira. Depois da feira, desmontamos, guardamos em nosso espaço em São Paulo, e vamos utilizar novamente em outro evento no mês que vem", explicou Rudimar.

Além disso, ele destacou o uso de materiais como madeira e grama artificial, que também serão reutilizados em futuras montagens. “As samambaias que usamos ano passado também estão guardadas na nossa sede aqui em São Paulo, até elas são sustentáveis”, brincou. 

Sustentabilidade que gera economia

A decisão de investir em estandes reutilizáveis trouxe benefícios econômicos significativos. "Enquanto outros gastam valores altíssimos em itens que depois vão para o lixo, nós gastamos 14 mil reais para um estande que usaremos em duas feiras", afirmou Rudimar, comparando com os custos tradicionais que podem ultrapassar 80 mil reais por evento.

Ele ainda conta que um expositor vizinho elogiou o estande, comentando que a estrutura parecia ser cara. “Mas, na verdade, com o dinheiro que eu gasto fazendo duas feiras, eles não fazem nem metade de uma. Gastam valores altíssimos e na próxima feira não tem mais nada. Vai tudo para o lixo”, diz. 

Ser sustentável é recompensador

O reconhecimento com o selo Ouro foi uma surpresa positiva. Quando pensou no projeto do estande, Rudimar não sabia do prêmio Better Stands, mas já sabia que estava fazendo a diferença. "Foi fantástico, é uma validação de que estamos no caminho certo, fazendo a coisa certa e contribuindo para um mundo mais sustentável", comentou.

Para aqueles interessados em seguir um caminho semelhante, o sócio da Reemaq sugere olhar para dentro da própria organização. "Todos têm recursos dentro de casa, é só parar e observar. Não precisamos de um arquiteto ou um projeto sofisticado, basta criatividade e vontade de fazer a diferença", aconselhou.

Como o Burger no Papo chegou ao seu estande sustentável?

Estande Burger no Papo na Fispal Food Service 2024

projeto 100% sustentável foi premiado durante a Fispal Food Service.

O Burger no Papo é um podcast voltado para o universo das hamburguerias, aborda uma ampla gama de tópicos, desde ingredientes e fornecedores até processos burocráticos e logística. Tudo voltado para o hamburger. 

Inicialmente, a equipe do podcast não estava ciente do prêmio. "Nós não sabíamos no começo, mas durante a montagem, ficamos sabendo da existência do selo Ouro e corremos atrás para conseguir," explicou Bruna Naomi, produtora do podcast. Com o apoio da montadora, a equipe trabalhou intensamente para garantir que o estande atendesse aos critérios de sustentabilidade, utilizando materiais reutilizáveis e recicláveis.

Comparado ao ano anterior, o estande deste ano foi uma evolução significativa. "No ano passado, fizemos tudo em cima da hora, com um espaço bem pequeno. Desta vez, conseguimos um espaço maior e estamos muito felizes com o resultado e o selo Ouro," disse Bruna.

A importância de ser selo ouro

A importância da sustentabilidade foi um tema central para o Burger no Papo. A produtora conta que é essencial inspirar outras pessoas e reduzir o desperdício, especialmente em eventos onde tanto material é jogado fora.

A abordagem sustentável do estande não apenas reflete os valores do podcast, mas também serve como um exemplo para outros expositores. “Essa conquista é muito importante até para o pessoal se inspirar e querer o selo ouro também. E é uma motivação para a gente conseguir essa conquista nas próximas edições também”, diz.

A conquista do selo Ouro na Fispal Food Service é um testemunho do compromisso do Burger no Papo com a sustentabilidade e a inovação. Bruna acredita que a chave para esse sucesso é muito trabalho e determinação. "As coisas não caem do céu. Se não corrermos atrás, ficamos para trás," concluiu.

Conheça o programa Better Stands

O Better Stands é um programa global da Informa Markets, organizadora da Fispal Food Service, que tem o objetivo de zerar a geração de resíduos dos estandes dos expositores até 2030. Para isso, as empresas expositoras são incentivadas a abandonarem o uso de estandes descartáveis e priorizem a utilização das estruturas reutilizadas. 

Após a avaliação dos estandes, os expositores receberam um selo com um dos três níveis de progresso do Better Stands: Bronze, Prata e Ouro. A entrega dos selos aconteceu no dia 12 de junho, na Fispal Food Service, e após o evento as empresas receberão um certificado digital que comprova essa conquista.

A participação no programa Better Stands traz benefícios a todo mercado de eventos, o principal deles é que a adoção de estruturas reutilizáveis reduzirá drasticamente a geração de resíduos e consequentemente o impacto ambiental dos eventos.

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar