Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

restaurante vegano.jpg

Como aproveitar as oportunidades no mercado vegano

O crescimento do mercado vegano no Brasil já não é mais novidade para ninguém e muitas empresas têm investido em novos alimentos para atender essa demanda. A diversificação de produtos à base de vegetais é cada vez maior. Hambúrgueres, linguiças e até mesmo substitutos de laticínios e ovos têm ganhado força entre os consumidores. O cenário oferece cada vez mais oportunidades para quem deseja empreender ou até mesmo diversificar sua atuação no mercado de food service ou alimentação fora do lar.

Embora não exista uma fórmula mágica para atuar em qualquer negócio, é possível seguir algumas orientações importantes. A Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), por exemplo, utiliza pilares no programa Opção Vegana (OPV) que podem fazer toda diferença quando aplicados na prática. Um dos pontos essenciais para qualquer cardápio ou produto é a inclusão. Priorizar soluções realmente livres de ingredientes de origem animal e deliciosas para qualquer público é um importante ponto de partida.

Transparência e saúde

O crescimento da demanda observado ao longo dos últimos anos tem um ponto interessante: ele não é puxado apenas pelo público vegano e vegetariano. Os consumidores estão cada vez mais preocupados com a composição e a origem dos ingredientes utilizados na produção. Prova disso é que a demanda por transparência em relação à composição dos alimentos transformou rapidamente o setor. Um estudo do Label Insight, realizado há alguns anos, revelou que 75% dos compradores examinam os produtos antes da compra.

Outro dado interessante que corrobora o ponto anterior foi retirado de um relatório da Consultoria Nielsen. O conteúdo mostra que 88% dos consumidores estão dispostos a pagar mais caro por alimentos saudáveis. Por fim, uma pesquisa com mais de duas mil pessoas realizada pela Earth Balance, empresa americana de alimentos ‘plant based’, revelou que 43% do público está mais interessado em produtos a base de vegetais, em comparação há cinco anos.

Consultoria Vegana

Diante desses dados, é importante esquecer o conceito de “nicho”, se concentrando na reformulação de produtos existentes, caso já atue no setor, para ampliar o público consumidor e consolidar rapidamente sua posição. Buscar apoio no programa Opção Vegana é um bom recurso. Criado em 2016, oferece consultoria gratuita para desenvolvimento de receitas com alimentos de origem 100% vegetal e foi desenvolvido em parceria com a Humane Society International (HSI).

Milhares de estabelecimentos comerciais, em diversos locais do Brasil, contam com o suporte do OPV, cujo objetivo é promover uma alimentação vegana de qualidade e acessível a toda população. Além de todo suporte, há ainda um sistema de localização de estabelecimentos que servem refeições a base de vegetais construído a partir do Google Maps. Batizado de ‘Onde Tem Opção Vegana’, o recurso reúne mais de 3,2 mil estabelecimentos no Brasil.

O mapa pode ser acessado a partir de qualquer dispositivo móvel ou computador com acesso à internet, por meio do link www.ondetemopcaovegana.com.br. Caso algum estabelecimento que o público conheça não faça parte da relação, é possível solicitar a inclusão clicando neste link.

Se ainda assim restar alguma dúvida, comece com a Segunda Sem Carne (SSC). Coordenada no Brasil desde 2009 pela SVB, o trabalho é considerado o maior do mundo e contempla mais de 100 municípios, contando com o apoio de instituições públicas, grandes empresas e beneficiando mais de três milhões de pessoas em todo o Brasil. No ano passado, o SSC atingiu a marca recorde de mais de 80 milhões de refeições a base de vegetais, crescimento de 20% em relação ao ano anterior. 

*Por Roberto Tenório, Redator da Sociedade Vegetariana Brasileira.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar