Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Tecnologia de QR Code torna sustentabilidade acessível para consumidor

Tecnologia de QR Code torna sustentabilidade acessível para consumidor.png
O código tecnológico pode ser usado para mostrar os parâmetros e certificações de ESG de cada etapa da produção do alimento.

A busca pela rastreabilidade está nos principais fóruns que pensam sustentabilidade. O tema foi amplamente abordado na 26ª edição da Conferência das Partes (COP 26). Inclusive, o Pavilhão Brasileiro promoveu uma série de debates sobre a agropecuária sustentável e um dos aspectos abordados foi a rastreabilidade nas cadeias produtivas. Entre as apresentações híbridas, feitas a partir do estande de Glasgow na Escócia, sede da COP26, e do espaço montado em Brasília, estava a de Roseli Marcon, produtora rural integrada de ovos férteis e frango de corte.

Nesse cenário, a tecnologia se apresenta como uma aliada para mostrar de maneira fácil e transparente o sistema de rastreabilidade que está por trás do ESG do alimento que ele está consumindo. O projeto de rastreabilidade da Seara, por exemplo, usa um QR Code para dar ao cliente acesso às informações de todas as etapas do processo produtivo dos frangos das linhas Orgânico, DaGranja e Nhô Bento.

"Esse recurso permite que o consumidor acesse com velocidade e praticidade as informações sobre o produto, direto do local onde está comprando, utilizando o próprio celular", afirmou a gerente executiva de Marketing da Seara, Daniela Zucchini, ao Food Connection.

A iniciativa surgiu pensando na preocupação crescente das pessoas com a origem e a procedência dos alimentos que estão consumindo. O QR Code direciona o consumidor para uma plataforma na qual ele precisa inserir o número do lote e a data de produção. Após essa etapa, o cliente consegue ver, por exemplo, foto e localização da propriedade onde as aves foram criadas, dados da granja parceira e da unidade industrial em que o frango foi processado.

"A transparência é parte fundamental na construção do relacionamento com nossos consumidores. Portanto, disponibilizar esse recurso para que eles entendam de onde vem o alimento que estão consumindo reforça o compromisso da empresa com a origem e garantia de qualidade dos seus produtos", explicou a executiva.

O código digital também permite que o consumidor confira as certificações dos produtos. Um dos selos que essa linha possui é o de uma certificação internacional atestando que, em nenhuma etapa da vida, as aves receberam qualquer tipo de medicamento.

"O retorno tem sido ótimo, pois o QR Code nas embalagens da Seara permite que o consumidor faça uma escolha consciente do produto que leva para casa, e tenha confiança sobre a qualidade do alimento que vai consumir", avaliou Zucchini.

Todo mundo ganha

De acordo com a gerente executiva de Marketing, a Seara emprega sistemas de rastreabilidade que começam nas granjas dos produtores integrados, visando a melhor gestão da cadeia.

Todos esses cuidados garantem a transparência e a confiança de um processo focado na qualidade, bem-estar animal e segurança alimentar. Esse caminho agrega valores para toda a cadeia de produção, ou seja, vão muito além do consumidor e beneficiam também os agricultores.

"Pois evidencia as boas práticas adotadas pelos fornecedores. Ser parceiro de uma marca que atua de maneira transparente com seus consumidores reforça a importância e o valor de uma cadeia de suprimentos de excelência", explicou representante da Seara.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar