Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Oportunidade: consumo de café aumenta durante pandemia

consumo de café no brasil.png
O aumento do consumo de café no Brasil representa uma oportunidade para os empreendedores da área.

O consumo de café no Brasil segue em alta, mesmo com os impactos da pandemia da Covid-19 na economia. Isso é o que revela um relatório recentemente divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC).

De acordo com a entidade, o consumo de café no Brasil apresentou 1,34% de alta em 2020. Tal número faz com que o nosso país ainda seja classificado como a segunda nação que mais consome a bebida no mundo.

Crescimento do consumo de café no Brasil é uma oportunidade para as cafeterias

Ainda segundo a pesquisa da ABIC, o consumo de café no Brasil representou 21,2 milhões de sacas entre 2019 e 2020. O número é bem animador para quem empreende no setor de cafeterias. Afinal, o consumo não aumenta apenas nas casas, mas também nos estabelecimentos gastronômicos.

É isso que explica Mônica Pinto, nutricionista e coordenadora de projetos da ABIC. Em suas palavras: “Com o interesse crescente, aumenta também a procura pelos diversos tipos de café, não apenas aquele que é consumido em casa”.

Ainda de acordo com a especialista: “Há uma enorme procura pelos tipos gourmet, já que o ambiente convida para uma experiência diferente, que vai além do tradicional”.

Projeções do mercado de cafés para os próximos anos

Questionada sobre as projeções para o mercado de café nos próximos anos, Pinto afirma que o nosso país deve passar por um momento bem desafiador.

“O preço da matéria-prima, por exemplo, teve aumento de mais de 60% desde o início da pandemia até agora. Subiram também os valores das embalagens, da gasolina e dos insumos, que são indexados pelo dólar”.

Nesse sentido, a coordenadora de projetos da ABIC acredita que seja necessária uma comunicação alinhada entre as indústrias e os parceiros, como os pontos de vendas, para que se apliquem os reajustes de preços.

Na opinião da executiva, o aumento deve ser gradativo, tendo em vista que o consumidor brasileiro também vive uma situação econômica delicada. Ela também comenta que, apesar das dificuldades, o consumo de café no Brasil, no decorrer de 2021, deve ser mantido no mesmo patamar de 2020 ou até mesmo aumentar.

Dicas para os empreendedores da área potencializarem os lucros

O café é uma paixão nacional e as cafeterias se tornaram referência de local onde as pessoas vão não apenas para tomar um cafezinho, mas também para encontrar os amigos, se distrair ou até mesmo trabalhar.

Em tempos de pandemia, no entanto, em que os estabelecimentos precisam atender apenas por delivery ou com capacidade reduzida, é preciso que as cafeterias se reinventem. Pinto dá algumas dicas. Veja:

- Crie pacotes promocionais para incentivar o consumidor a comprar mais produtos por vez;

- Trabalhe com delivery, em que o cliente solicita o café por app ou redes sociais;

- Disponibilize o formato grab and go, em que o cliente pega o produto no estabelecimento e não consome do local.

Monica também orienta as cafeterias a aderirem ao programa Círculo do Café de Qualidade que, desde 2004, certifica os melhores estabelecimentos e promove o café de alta qualidade.

O programa também oferece atividades de capacitação e treinamento, com ferramentas de apoio técnico e educativo.

O alto consumo de café no Brasil, sem dúvida, é uma grande oportunidade para os empreendedores. Para saber mais sobre esse mercado promissor, baixe o nosso guia de gestão de cafeteria.

TAG: Consumo Café
Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar