Além do whey protein: alternativas para o mercado de suplementos

mercado de suplementos.png
Saiba mais sobre ingredientes que vão além do whey protein para a o mercado de suplementos vencer seus desafios e ampliar suas oportunidades.

A adoção mais generalizada de estilos de vida mais saudáveis ​​teve um efeito profundo no mercado de suplementos - em especial, com a pandemia, que incentivou muitas pessoas a buscarem na alimentação recurso para fortificarem sua saúde. Isso demandou da indústria de ingredientes inovações para fornecer soluções para produtos de suplementação alimentar para atletas profissionais ou de "fim de semana" que fossem além do whey protein.

Hoje, tanto os profissionais do esporte quanto os que se exercitam em casa estão em busca de apoio no mercado de suplementos para melhorarem sua performance. 

Inclusive, a Zion Market Research prevê que o mercado valerá US$ 45,27 bilhões em 2022, acelerando a necessidade de as indústrias fornecerem suplementos alimentares inovadores que atendam a uma ampla gama de preferências do consumidor.

"Não existe um consumidor típico de nutrição ativa e esportiva; de atletas profissionais a indivíduos preocupados com a saúde, os suplementos são usados ​​por pessoas de todas as idades em aplicações que vão desde a queima de gordura e recuperação até suporte imunológico", comenta Gabriela Fernandes, nutricionista e especialista em Marketing de Alimentos. 

Portanto, há uma oportunidade para os fabricantes do mercado de suplementos considerarem novas soluções em ingredientes, à medida que o público-alvo desses produtos de suplementação alimentar continua a evoluir e a crescer.

Millennials em busca de opções inovadoras no mercado de suplementos

Entre as características comuns dos Millennials - nascidos entre 1980 e 1994 - está a preocupação com a saúde. Essa é uma geração que busca manter-se ativa e empenhada em otimizar seu bem-estar por meio de exercícios regulares e alimentação saudável.

"No mercado de suplementos de nutrição esportiva, esse é um grupo de consumidores que aprecia produtos feitos com ingredientes eficazes e de ação comprovada. Eles também estão dispostos a aprender sobre novos ingredientes e a experimentá-los se acreditarem que oferecem algo que os beneficiará", indica Fernandes.

Alternativas e tendências da indústria de ingredientes para o mercado de suplementos

Seja qual for o público, desde os mais jovens, em busca de definição, aos idosos, que objetivam fortalecimento e resistência muscular, todos estão olhando para o mercado de suplementos à procura de maneiras de obter resultados ideais - antes, durante e após o exercício.

Indo além do whey protein, há ingredientes como a L-carnitina, que tornou-se um ingrediente estabelecido no mercado de nutrição ativa e esportiva graças aos seus benefícios potenciais em recuperação e geração de energia e redução da degradação muscular.

O colágeno não desnaturado tipo II também está ganhando espaço no mercado de suplementos como um ingrediente auxiliar de recuperação, ajudando a aliviar o desgaste das articulações, ao mesmo tempo que auxilia na mobilidade e flexibilidade. A beta-alanina, recentemente aprovada pela Anvisa, também é uma alternativa relacionada a um melhor desempenho nas atividades físicas esportivas.

"Temos também a coenzima Q10, relacionada a efeitos antioxidantes e benéficos em termos de otimização da saúde e do bem-estar. As proteínas da ervilha e do arroz também estão se tornando mais populares na indústria de nutrição esportiva. Podemos citar também os adaptógenos, que podem ser utilizados em uma configuração de desempenho para lidar com o estresse do esforço físico e fadiga. Relacionados à manutenção do desempenho estão extratos de ginseng asiático, cinórrodo e maca" destaca Fernandes. 

A especialista complementa afirmando que “muitos atletas costumam recorrer à cafeína antes do treino para dar um impulso extra na performance. Muitos formuladores têm utilizado ingredientes botânicos, que são fontes naturais de cafeína. Isso pode incluir guaraná, erva-mate, guayusa, noz-de-cola e chá verde".

Em consonância, uma tendência emergente no mercado de suplementos alimentares é a necessidade de utilização de ingredientes orgânicos, ecológicos ou sustentáveis. Esta tendência é marcada por dois aspectos fundamentais, a busca pelo consumo de ingredientes mais saudáveis e a crescente preocupação dos consumidores com a sustentabilidade.

Este boom na demanda por produtos orgânicos mostra uma grande oportunidade de mercado, especialmente no campo de suplementos alimentares de base botânica, no qual os conceitos de "natural" e "sustentável" são muito procurados pelo consumidor.

Curcuminoides: alternativa da indústria de ingredientes para o mercado de suplementos

As plantas comestíveis são uma fonte primária de substâncias valiosas com a capacidade de manter o bem-estar geral e, como consequência, enriquecer a nutrição esportiva.

Um dos produtos botânicos que podem ser utilizados no mercado de suplementos é o açafrão, que contém três moléculas diferentes - curcumina, demetoxicurcumina (DMC) e bisdemetoxicurcumina - com diferentes características químicas que atuam juntas para alcançar uma gama de potenciais efeitos benéficos à saúde e ao desempenho esportivo.

Esse ingrediente pode ser eficaz para a saúde das articulações e para apoiar uma resposta inflamatória saudável após exercícios em diferentes esportes.

Desafios no desenvolvimento de produtos no mercado de suplementos

Como o mercado de suplementos continua crescendo para atender um público cada vez mais diversificado, tanto a seleção de ingredientes quanto as formas de dosagem estão se tornando uma consideração importante para os fabricantes de suplementos.

Em particular, os consumidores cada vez mais preocupados com a saúde estão impulsionando a demanda por ingredientes comprovados cientificamente, encorajando as marcas a investirem ainda mais em pesquisas e desenvolverem novas aplicações.

E isso para desenvolver produtos não apenas com alegações positivas para a saúde e desempenho, como também que tenham sabor e textura agradáveis.

"Para muitas pessoas, por exemplo, as proteínas vegetais são comumente associadas com 'notas estranhas' de sabor. A indústria tem buscado formas cada vez mais sofisticadas de mascarar esse sabor indesejado. Há o desafio da palatabilidade aprimorada para ser vencido nessas formulações. Os consumidores exigem e continuarão a exigir produtos de nutrição esportiva que tenham um sabor agradável e proporcionem benefícios e, em um mercado cada vez mais competitivo, as empresas precisam fornecer proteínas que melhorem e não prejudiquem o sabor", resume Maiara de Pontes, especialista em Nutrição Esportiva Funcional.

Para vencer os desafios inerentes a esse mercado, uma das maiores evoluções em P&D está no desenvolvimento de ingredientes. Hoje trabalha-se também com avanços tecnológicos como micro e nanoencapsulações que resolvem problemas de estabilidade, solubilidade ou melhoram a biodisponibilidade de muitos compostos bioativos.

Por fim, Maiara de Pontes lembra que há o desafio trazido pela combinação de ingredientes. Afinal, reunir vários ingredientes incompatíveis em uma cápsula pode resultar em desafios de formulação, incluindo a degradação de ingredientes sensíveis.

"O mercado de suplementos têm buscado maneiras de resolver esse problema, permitindo, por exemplo, que ativos líquidos e sólidos com diferentes perfis de liberação sejam combinados em uma forma de dosagem - como vitamina K2, vitamina D e cálcio, que podem ser usadas ​​em um suplemento para ajudar na saúde óssea do atleta, por exemplo", finaliza de Pontes.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar