Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O papel dos insumos na entrega de soluções à indústria de alimentos

shutterstock_1309919359.jpg
O desenvolvimento de alimentos precisa equacionar a expectativa de fabricantes, varejistas e consumidores. Veja como embalagens de design prático e seguro podem ajudar.

O desenvolvimento de um alimento seguro e sustentável precisa equacionar a expectativa de fabricantes, varejistas e consumidores. E um dos pontos centrais para isso é garantir a entrega de um produto de qualidade em uma embalagem com design prático e atrativo. Pode parecer uma fórmula simples, mas existem diversos agentes responsáveis em garantir que tudo ocorra perfeitamente, com eficiência e qualidade.

A embalagem sem danos, por exemplo, é um desafio aos fabricantes e uma cobrança diária por parte dos consumidores. Segundo a última edição da pesquisa Tetra Pak Index, a maioria das pessoas considera um alimento inseguro para consumo ao notar uma tampa aparentemente mal encaixada (62%) ou amassada e danificada (58%). A pesquisa ouviu mil pessoas, em 2020, em diferentes regiões do mundo, incluindo o Brasil.

Mas o que pode ser feito para evitar produtos de baixo desempenho nas gôndolas? É aí que sobe ao palco a categoria de insumos. Com papéis diversos e complementares, eles oferecem à indústria mais produtividade, qualidade, inovação e segurança ao alimento, além de evitar perdas financeiras e reputacionais.

Os produtos de lubrificação a seco, por exemplo, utilizados em correias transportadoras, evitam um acidente constante que é o tombamento das embalagens, causado pelo atrito delas com a esteira transportadora. E, ainda, garantem a redução dos custos de produção, pois os gastos com consumo de água, manuseio e manutenção também diminuem.

Lógica similar se aplica aos adesivos food grade (aqueles que em contato com o alimento não geram contaminação) utilizados em embalagens secundárias e primárias. Em um setor que convive com margens apertadas de lucro, um dos desafios dos fabricantes de alimentos é justamente evitar perdas.

No caso das embalagens primárias com má fixação de componentes, como aberturas e dobras, as perdas podem ser duplas: a primeira, de origem financeira, ocorre pelo recall de produtos que ficaram parados nas prateleiras; a segunda tem caráter reputacional, visto o dano de imagem de uma embalagem considerada insegura e ineficaz para proteger o alimento.

Quem compra uma bebida em caixinha pode não enxergar a trajetória por trás da embalagem perfeita, mas ela certamente foi proporcionada pela união de uma série de fatores - incluindo aqueles detalhes que por vezes passam despercebidos aos olhos do consumidor, mas que desempenham papel fundamental para garantir o bom desempenho da embalagem ao longo do seu ciclo de vida.

A indústria de alimentos tem avançado para incorporar a inovação em todas as suas etapas, inclusive aquelas que outrora eram vistas como coadjuvantes. São novos passos em direção ao futuro, sem abandonar uma missão primordial: disponibilizar alimentos seguros e de qualidade em qualquer região do mundo.

*Edison Kubo é diretor de portfólio de Serviços da Tetra Pak para as Américas. Formado em Administração e com pós-graduação em Marketing e MBA Executivo Internacional, o executivo é responsável por direcionar a estratégia de negócios de Serviços da companhia para a região, com foco na oferta de soluções que levem mais eficiência e produtividade para fabricantes de alimentos e bebidas.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar