Food Connection faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

cultura organizacional restaurante.jpg

Missão dada é missão cumprida

Como que uma cultura organizacional pode elevar o resultado do seu restaurante

Você já contratou alguma vez aquele funcionário que acho que seria uma estrela no seu time, que iria performar muito bem, que se apresentou com muita vontade e tinha todas as qualidades que você estava buscando. Aquele candidato campeão. No início, nas primeiras semanas, ou até meses ele foi muito bem atingindo as suas expectativas e até mesmo superando.

Passado um tempo foram acontecendo pequenos deslizes, o primeiro atraso, depois o segundo. Coisas pequenas, erros bobos, que a princípio você pode atribuir a um “dia ruim” ou algum problema pontual pessoal.

Aos poucos você percebe que a sua atitude no trabalho começa a mudar, o padrão começa a cair e os erros vão se tornando mais frequentes. Aquele entusiasmo todo, aquela paixão pelo trabalho vai perdendo força e a mediocridade vai tomando conta.

Por que isso acontece?

 Normalmente isso acontece por um desses dois motivos:

  1. Você fez uma contratação ruim, selecionou o candidato errado para a vaga
  2. Você colocou um bom profissional em um ambiente ruim de trabalho

Pode ser que o candidato realmente conseguiu te enganar na entrevista e realmente ele não tem a competência e características que você busca. Entanto se ele atende a expectativa no começo, se o funcionário consegue entregar o trabalho na qualidade desejada e no tempo esperado, quer dizer que ele não tem uma deficiência técnica, pois ele já se mostrou capaz. Com certeza ele não se esqueceu de como que faz o seu trabalho, nem “desaprendeu”. Fica então a questão da motivação, da atitude que ele tem agora com o seu trabalho.

Acontece que a pessoa entra na empresa com muita vontade e cai de cabeça, porém se a cultura da organização não é capaz de o manter motivado, confiante e feliz com o seu trabalho é natural que sua performance caia e ele entre no nível de performance medíocre.

Resumindo: Você pode investir o quanto quiser em contratações e demissões, trocando as pessoas do seu time, mas de nada vai adiantar se a sua cultura não der o suporte que boas pessoas precisam para se manterem nutridas com ânimo e motivação.

O que é uma Cultura Organizacional

Basicamente uma Cultura de modo geral é como as pessoas pensam, falam, agem e sentem. Uma Cultura Organizacional é tudo isso, dentro do seu restaurante. Na prática dentro do seu negócio são os valores, atitudes, práticas, metas, processos que são comuns entre todos os funcionários que caracterizam sua empresa.

Quer você queira ou não, toda empresa tem sua própria cultura. Mesmo que você não saiba o que é e nunca tenha falado nada formalmente para ninguém. Já que ela existe de qualquer maneira, o melhor a se fazer é usar a nosso favor!

Pense bem, na prática seus funcionários tomam centenas de pequenas decisões todos os dias, a todo momento. Não é possível que um gerente ou proprietário supervisione tudo a todo hora. A Cultura serve como um Norte comum a todos, que ajuda a equipe a tomar decisões no rumo certo, mantendo o padrão de qualidade, satisfação do cliente e até mesmo aumentando a lucratividade e produtividade.

Como avaliar a minha Cultura Organizacional

Quando você observa uma empresa de sucesso, um time de alta performance que entrega sempre a mais alta qualidade, dentro do prazo e as pessoas se sentem felizes com o seu trabalho. Você perceberá que a maioria das pessoas nesse local apresentam as seguintes atitudes e comportamentos:

Responsabilidade

Carinho e atenção com os outros

“O que mais que eu posso fazer?”

Não aceita a média

Flexível

Respeito

“Vamos resolver isso agora”

“Como posso fazer isso melhor?”

Cooperação

Otimismo

Senso de prioridade

Mentalidade empreendedora

Agora, quando observamos uma empresa ou grupo de pessoas que performa abaixo da média com frequência, você pode perceber que a maioria das pessoas no grupo apresentam as seguintes características e comportamentos:

Fofoca

Culpa os outros

Mentalidade de Vítima

“não é o meu trabalho”

Aceita a mediocridade

Crítica desconstrutiva

Desconfiança

Desculpas

Reclamação

Atrasos e faltas

Insegurança

No seu negócio, quais características são mais comuns no seu time? Uma cultura negativa não suporta as pessoas e o negócio para o sucesso. Faça essa avaliação interna e terá alguns insights com certeza.

O que uma Cultura Positiva pode fazer por você

Muitas empresas hoje já entenderam a importância em criar uma cultura positiva e levam esse trabalho muito a sério. Sem uma cultura positiva o trabalho em equipe fica prejudicado e é fácil para as pessoas caírem em atitudes negativas e improdutivas.

A cultura impacta em todas as atividades do seu restaurante, desde a forma como a equipe de cozinha descasca a batata, limpa a cozinha, atende aos pedidos, até como o atendente recebe o cliente, cria uma experiência boa e fideliza o cliente. Os principais pontos que a cultura tem um impacto direto são:

  1. Qualidade do atendimento e serviço
  2. Qualidade da comida
  3. Satisfação do cliente
  4. Vendas
  5. Controle de custos
  6. Produtividade
  7. Rentabilidade

Percebe que a cultura está diretamente relacionada com o resultado da sua empresa? Empresas fazem questão de construir esse ambiente de trabalho com uma cultura positiva deixam tudo bem claro, explicado de forma que todos entendam e o assunto é revisitado e reforçado sempre que possível

Uma cultura positiva significa pessoas mais felizes, produtivas e comprometidas, menor turnover e resultados financeiros melhores. Todos têm a lucrar com isso, bons profissionais querem trabalhar em boas empresas, clientes querem comprar de lugares onde oferecem um bom serviço e boa comida. Proprietários conseguem melhores resultados com restaurantes que funcionam bem e auto suficientes.

Como aprimorar a Cultura do meu restaurante

Ok, são muitos os fatores e formas de criar uma cultura positiva, vou listar aqui algumas da mais comuns e simples que você pode colocar em prática

  1. Tenha uma Missão clara, bem definida e de impacto

Todos já viram aqueles quadros de Missão, Vísão e Valores, alguns já até fizeram e colocaram em um quadro bonito na empresa ou no site. Isso não significa nada se não for aplicado, vivido e ensinado para todos e a todo momento. A Missão da empresa é aquilo que ela deve fazer todos os dias, qual o motivo dela existir. Será que a missão pode ser simplesmente “fazer boa comida com bom atendimento”? Não recomendo! Crie uma frase forte, de impacto e que diga exatamente o objetivo de todo dia por exemplo “Melhorar a qualidade de vida das pessoas através de alimentos saudáveis e cardápio personalizado” Percebe a diferença?

  1. Tenha regras claras, bem definidas e de conhecimento geral de toda a equipe

Todos os grupos determinam suas regras, aquilo que você pode e não pode fazer. As regras precisam ser sensatas, simples e facilmente compreendidas

Não basta só ter regras, você deve aplicar as regras, a todos sem exceção. A parte difícil é aplicar a regra. Garantir que realmente as regras sejam seguidas pode se um grande desafio, porém tenha em mente o quanto você não vai ganhar por determina?

  •  O que é aceitável ou não
  •  O que é esperado de cada um
  •  Como criticar e responsabilizar cada um
  1. Faça o seu melhor sempre!

Preze sempre pela qualidade, não importa se você está vendendo marmitex ou alta gastronomia, tenha seus padrões de qualidade definidos e faça eles serem seguidos à risca. Se o arroz deve estar clarinho, solto e quentinho, não aceite servir arroz ressecado, frio, etc.

  1. Faça sempre o que é correto

Se responsabilize pelo que você faz, procure resolver problemas pequenos na hora ou o mais rápido. Instale nas pessoas esse senso do que é correto e da necessidade de fazê-lo. A mentalidade que se deve ter é “se eu vejo um problema/melhoria ela se torna minha responsabilidade” desde o papel jogado no chão, a uma lâmpada queimada ou um prato que não está no padrão, todos pode reconhecer uma falha e deixar de servir um prato fora do padrão

  1. Mostre as pessoas que você se importa

Mostre que se importa com elas, que se importa com os produtos, que se importa com os clientes. Use e abuse de palavras educadas e respeitosas com a equipe. Se mostre aberto a ouvir o que as pessoas têm para te dizer e realmente fazer algo a respeito nem que seja para informar que não deu certo. Como gestor pode ser difícil ser assertivo no seguimento das regras e políticas, porém não tenha medo, lembre-se de manter o respeito e as regras firmes

  1. Suba sempre a qualidade

Não aceite a mediocridade, procure sempre a excelência e não se atenha a qualidade da comida. Mantenha a alta qualidade em todos os aspectos do seu negócio como por exemplo:

- Política de uniformes limpos sempre

- Banheiros imaculados (de clientes e funcionários)

- Fichas técnicas ou receitas no preparo de tudo

- Auditorias internas periódicas (tempo de preparo, limpeza, etiquetas, validades, etc)

- Checklist de pré abertura, fechamento, pedidos, etc

- Reunião diária de início de turno

- Chão limpo a todo momento

- Cartões de agradecimento escritos a mão para clientes e funcionários

Comunique todos os seus padrões de qualidade, tudo que você espera que as pessoas te entreguem. Se você não tem nada disso, comece aos poucos, para não sobrecarregar a equipe, comece com uma ou duas que são muito importantes e garanta que elas estejam implementadas antes de passar para as próximas. Antes de colocar qualquer regra, explique por que é importante, como que eles vão fazer na prática e o que fazer em caso de dúvidas.

Utilize de histórias reais que acontecem no seu negócio que são exemplos de boa conduta e que reforçam a cultura positiva. Faça questão de espalhar a notícia e reconhecer o funcionário que tomou essa atitude. Se quiser pode até criar um sistema de bonificação em cima disso, eu escrevi um outro artigo só sobre como bonificar o funcionário de maneira criativa.

As pessoas se sentem orgulhosas e motivadas quando são reconhecidas pela empresa, aumentam sua auto confiança e melhora a sua produtividade. Se você fizer de toda boa ação um caso importante, mais e mais pessoas vão querer se tornar esses casos e eles passaram a ocorrer diariamente.

Para fechar...

Apesar de ter abordado o assunto aqui de forma superficial, espero que tenha pelo menos te conscientizado sobre a importância de cuidar da cultura do seu time e que é possível fazer isso em empresas familiares e pequenas, não é exclusividade de grandes corporações.

Eu acredito fortemente que cultura é um dos principais fatores de sucesso de um restaurante e eu espero que tenha te ajudado pelo menos a iniciar esse trabalho tão importante.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar